Termopares – Modelos e Aplicações
Postado em: 19/06/2021

Um termopar é constituído por dois fios de metais diferentes, soldados entre si em uma junção.
Essa junção gera uma Força Eletro-Motriz (FEM), que quando conectada a um Instrumento de Leitura consegue ler a temperatura de um processo de temperatura.

O aquecimento da junção sensor gera um potencial termoeléctrico (EMF) proporcional à diferença de temperatura entre as duas junções. Esta EMF-nível milivolt, quando compensada para a temperatura conhecido da junção de referência, indica que a temperatura na ponta de detecção.

Capacidade em alta temperatura: Os termopares com junções de metais preciosos podem ser utilizado para temperaturas até 1800°C.

Robustez: A simplicidade inerente de termopares torna resistente a choques e vibrações.
O tamanho pequeno / resposta rápida: Uma junção termopar de fio fino ocupa pouco espaço e tem baixa massa, tornando-o adequado para a detecção de ponto e resposta rápida.

Tipos de Termopares e suas aplicações:

TERMOPARES DE ISOLAÇÃO MINERAL 
Devido às suas propriedades proporcionam grande estabilidade, longevidade, facilidade de instalação (podem ser dobrados, torcidos ou achatados), resistência mecânica, tempo de resposta rápida, diâmetros reduzidos e podem ser fabricados em grandes comprimentos.
TERMOPAR FLEXÍVEL
Ideal para a utilização na indústria de transformação de plástico ou em aplicações onde são necessários: facilidade de instalação, fácil remoção e rápido tempo de resposta.
São sensores que podem ser fornecidos com conexões tipo baioneta de fácil e rápida instalação e com a opção rosqueada sobre a mola, permite ajuste no comprimento de inserção.
TERMOPAR CONVENCIONAL
É montado de forma simples. Os termopares desta série requerem uma proteção adicional e são normalmente elementos de reposição utilizados nas montagens com tubo de proteção e cabeçote.
Possuem boa durabilidade pela construção mais robusta. São ideais onde o processo exige um termoelemento com diâmetro maior do que normalmente disponível em termopares de Isolação Mineral e aplicações em serviço que se exigem sensores robustos.

Para maiores informações referente aos Termopares, você pode solicitar um orçamento ou tirar suas dúvidas diretamente com um dos vendedores técnicos da LIOHM

Para melhorar sua experiência listamos os produtos mais visualizados em nosso site. Para conhecer e saber mais detalhes sobre cada produto, clique em "Ver o produto".
A70R - 087 - Termoresistência
Sensor PT100 para mancais com graxeira
Sensor Pt100 com graxeira para Mancal de Rolamento
Sensores Pt100 desenvolvidos para monitoramento de temperatura de mancais de deslizamento, rolamentos, correia ou de polia, com graxeira para lubrificação. Possui um sistema com haste ajustável.
  • pt100
  • Bucim Ajustável Rosca M10x1,0
A71P - 092 - Termoresistência
Sensor Pt1000 - Plug Conector DIN 43650
Sensor PT100 DIN 43650
Sensores Pt1000 para Processos Industriais, Químicos e Alimentícios onde se exige grau de precisão e não contaminação dos processos aplicados. Disponível com Conectores DIN 43650 que facilitam a instalação no processo e posterior substituição.
  • Rosca 1/2x14
  • NPT
  • Conector DIN 43650
HFT - 10 - Transmissor de Umidade e Temperatura
Temperatura e Umidade saida digital ou analogico
transmissor de temperatura e umidade
Medições precisas de umidade e temperatura em uma ampla faixa de trabalho, integrado em uma haste em um formato caneta e ponta com filtro poroso esteticamente arrodondado de ótima sensibilidade foram os principais objetivos para o desenvolvimento da série HFT10.Os dados de calibração e outras funções relevantes, como linearização ou compensação de temperatura, são armazenados no transmissor.
Os ranges de umidade e temperatura são disponíveis com saídas analógicas (0-1 / 5 / 10V ou 4-20mA) e digitais I2C e one-wire
  • Saída 4-20ma
  • Haste ABS Probe